ICL Notícias

Adeus, Zagallo: Lula decreta luto de 3 dias no Brasil em homenagem ao ‘Velho Lobo’

Único tetracampeão mundial do futebol na História morreu no Rio, aos 92 anos
6 de janeiro de 2024

Devido à morte de Zagallo, a partir de hoje, sábado (6), o Brasil está de luto oficial por três dias. O anúncio foi feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no X (antigo Twitter). “Em memória do eterno Mário Jorge Lobo Zagallo, está decretado luto oficial de 3 dias no país”, escreveu o presidente.

Mais cedo, Lula já havia escrito um adeus ao Velho Lobo, o único tetracampeão mundial do futebol na História e ícone do esporte no Brasil e no mundo. O presidente lembrou justamente das conquistas de Zagallo pela Seleção e manifestou solidariedade a parentes, amigos e admiradores do ídolo.

“Corajoso, dedicado, apaixonado e supersticioso, Zagallo era exemplo de brasileiro que não desistia nunca. É essa lição e espírito de carinho, amor, dedicação e superação que ele deixa para todo o nosso país e para o futebol mundial. Nesse momento de despedida, minha solidariedade aos familiares de Zagallo, seus filhos e netos, aos amigos e aos milhões de admiradores”, disse Lula.

Adeus ao Velho Lobo

Mario Jorge Lobo Zagallo, o Zagallo, uma das lendas do futebol brasileiro e mundial, morreu às 23h40 desta sexta-feira (5), aos 92 anos. Zagallo é a única pessoa a participar de quatro títulos da Copa do Mundo, como jogador (1958 e 1962), em 1970 como técnico, e em 1994 como coordenador técnico.

Em mundiais, ele também comando a Seleção em 1974 e 1998, quando, respectivamente, o Brasil com o quarto lugar e vice-campeonato. No ano de 2006, novamente Zagallo esteve na equipe brasileira, como coordenador.

Zagallo no comando da Seleção. Foto: CBF

Segundo o ge.com, a saúde de Zagallo já estava fragilizada há alguns anos. No ano passado, ele chegou a ficar internado 20 dias com infecção urinária. E depois do Natal, no dia 26 de dezembro, precisou novamente ser hospitalizado no Hospital Barra D’Or, no Rio de Janeiro, e acabou morrendo nesta sexta com falência múltipla dos órgãos.

Luto de 7 dias da CBF

Reconduzido ao cargo por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, decretou luto de sete dias na instituição, em homenagem a Zagallo. Amigos, treinadores, jogadores e fãs de Zagallo também lamentaram a morte.

“A CBF e o futebol brasileiro lamentam a morte de uma das suas lendas, Mário Jorge Lobo Zagallo. A CBF presta solidariedade aos seus familiares e fãs neste momento de pesar pela partida deste ídolo do nosso futebol”, afirmou Ednaldo Rodrigues.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail