ICL Notícias

Austrália, Canadá e Estados Unidos: passa para abril a exigência de visto de turistas

Prorrogação evita, por exemplo, que medida passe a valer próximo à alta temporada
5 de janeiro de 2024

A data para a exigência de vistos de entrada no Brasil para turistas da Austrália, Canadá e Estados Unidos foi adiada para 10 de abril de 2024. Antes, estava previsto que o início da cobrança de vistos seria no dia 10 de janeiro.

Segundo o governo federal, a prorrogação serve para terminar a implementação do sistema de vistos e evitar que o início da exigência seja próximo à alta temporada de viagens de fim e início de ano.

Outro objetivo é garantir que a medida entre em vigo de forma segura, sem consequências para o setor de turismo.

Reciprocidade

O governo justifica a medida com o princípio de reciprocidade, histórico da diplomacia brasileira. Em setembro de 2023, quando foi publicada versão anterior do decreto, o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, disse que o governo está sempre disposto a negociar a isenção de visto na base da reciprocidade.

“Ou seja, o país que aceitar que os brasileiros viajem sem visto físico, daremos a mesma vantagem”, explicou.

Em maio de 2023, o presidente Lula esteve no Japão e concluiu acordo para liberar de vistos os brasileiros que entram naquele país e os japoneses que chegam ao Brasil. A medida de isenção entrou em vigor em setembro do ano passado.

“No governo anterior, foi suspensa a obrigatoriedade de americanos, canadenses, australianos e japoneses. A medida foi dada de graça. Sem reciprocidade. Brasileiros continuaram precisando de visto para viajar para esses países”, lembrou Vieira.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail