ICL Notícias

Bill Gates elogia SUS e Bolsa Família: ‘O resto do mundo poderia aprender’

Em artigo, Gates destacou a redução das mortalidades infantil e materna e o aumento da expectativa de vida
13 de dezembro de 2023

O fundador da Microsoft, Bill Gates, em um artigo intitulado “Lessons in lifesaving from Brazil” (Lições de salvamento de vidas do Brasil”, em tradução livre), elogiou o Sistema Único de Saúde (SUS) e o programa Bolsa Família. Para o empresário, o mundo deveria aprender com as políticas públicas do Brasil.

“Sou um grande fã do Brasil há algum tempo.. Mas só quando comecei a trabalhar na saúde pública é que comecei a apreciar o quão impressionante é o histórico do país nesta área –e o quanto o resto do mundo poderia aprender com ele”, escreveu Gates.

Em elogio às políticas públicas do Brasil, Gates destacou a redução das mortalidades infantil e materna e o aumento da expectativa de vida.

“Nenhuma dessas conquistas foi acidental. Em vez disso, são o resultado de investimentos focados e de longo prazo que o Brasil fez em seu sistema de saúde primário, com os quais outros países podem aprender e imitar”, escreveu.

No artigo, Bill Gates cita, ainda, ao falar do Sistema Único de Saúde (SUS), o trabalho dos mais de 286 mil agentes que atendem quase 2/3 da população brasileira, cerca de 160 milhões de pessoas.

Segundo o empresário, os agentes “atuam como porta de entrada para o maior sistema de saúde público gratuito e universal do mundo, e seu impacto tem sido transformador…Eles são creditados por reduzirem ainda mais a mortalidade infantil e por levarem a cobertura vacinal a níveis quase universais”.

Bolsa Família

O programa Bolsa Família também foi elogiado pelo fundador da Microsoft. O empresário destacou o papel do programa na redução da pobreza e as condições, como obrigatoriedade de vacinação, para população permanecer apta a receber a transferência de renda.

“O Bolsa Família é apenas um dos muitos programas sociais que o Brasil desenvolveu ao longo das últimas décadas que ajudaram a tirar quase 1/5 da população do país da pobreza”, declarou.

“Mas também ajudou a ampliar o acesso e a utilização dos cuidados de saúde, dando às pessoas um incentivo para ingressar no sistema de saúde –e foi assim que o Bolsa Família também contribuiu para a redução da mortalidade infantil”, completou.

Bill Gates conheceu as políticas públicas do governo brasileiro após uma parceria realizada entre a Fundação Gates e o Ministério da Saúde.

 

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail