ICL Notícias

Dezembro começa com previsão de muito calor e enchentes no Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Segundo a Organização Mundial de Meteorologia, 2023 caminha para ser o mais quente dos últimos 125 mil anos
1 de dezembro de 2023

Dezembro vai ser de muito calor no Brasil, já a quantidade de chuva vai variar conforme a região. É o que aponta o Instituto Nacional de Meteorologia.

No Rio Grande do Sul, que ainda se recupera da enchente do início deste mês de novembro, a chuva continua, mas abaixo da média para o mês. No Paraná e Santa Catarina, são esperados volumes maiores.

No Centro-Oeste e Sudeste haverá temporais. Os volumes podem superar os 300 milímetros, em partes de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

E depois de tanta seca no Norte do Brasil alguns rios, como Amazonas, Negro e Madeira, devem receber menos de 200 milímetros de chuva no mês. De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, as precipitações já deveriam ter começado na Amazônia Central. E começou… só que muito fracas.

No Nordeste, onde dezembro costuma ser mais seco, os acumulados de chuva não devem ultrapassar os 100 milímetros. E já há sinais de que a chuva vai atrasar.

A temperatura no país em dezembro deve ser, em média, muito alta. Isso porque o fenômeno El Niño estará no auge de atividade. A população sentirá mais calor nas regiões Centro-Oeste e Sudeste.

Segundo a Organização Mundial de Meteorologia, 2023 caminha para ser o mais quente dos últimos 125 mil anos.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail