ICL Notícias

Em vídeo divulgado pelo Hamas, reféns idosos imploram por libertação

ONGs fazem apelo por 'cessar-fogo imediato e duradouro' na Faixa de Gaza, devido à 'catástrofe humanitária' 
18 de dezembro de 2023

As Brigadas al-Qassam, braço armado do Hamas, divulgaram hoje vídeo com três reféns israelenses atualmente mantidos em cativeiro. Na gravação, que dura um minuto e tem legendas em árabe e inglês, três idosos aparecem implorando por libertação. Eles estariam sequestrados na Faixa de Gazas.

O governo de Israel comunicou que os reféns foram identificados como Chaim Peri, de 79 anos, Amiram Cooper, de 84 anos, e Yoram Metzger, de 80. Eles seriam residentes de Nir Oz. Não foi informado quando o vídeo foi feito pelo grupo palestino.

Em hebraico, Peri, que aparece entre os outros dois reféns, disse que assim como outros idosos sequestrados, sofre de doenças crônicas e tem vivido sob condições muito difíceis.

“Somos a geração que construiu as bases para a criação de Israel. Fomos nós que iniciamos as Forças de Defesa de Israel (IDF, em inglês). Não entendemos por que fomos abandonados aqui”, reclamou Peri.

“Vocês têm que nos libertar daqui. Não importa o custo. Não queremos ser vítimas como resultado direto dos ataques aéreos militares das IDF. Liberte-nos sem condições. Não nos deixe envelhecer aqui”, acrescentou.

PROTESTO DE ONGS

Hoje, cerca de dez ONGs internacionais fizeram apelo por um “cessar-fogo imediato e duradouro” na Faixa de Gaza, devido à “catástrofe humanitária sem precedentes”.

“Nosso apelo é coletivo e global para um cessar-fogo agora. Desde os trágicos ataques de 7 de outubro em Israel, temos assistido a uma guerra total em Gaza. É uma catástrofe humanitária sem precedentes”, informaram.

O apelo foi assinado pela Oxfam, Médicos Sem Fronteiras (MSF), Médicos do Mundo (MDM), Handicap Internacional, Ação Contra a Fome, Primeira Emergência Internacional (PUI), Secours Islamique França, a Federação Internacional para os Direitos Humanos, a Anistia Internacional e o Comitê Católico Contra a Fome e para o Desenvolvimento (CCFD-Terre Solidaire).

 

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail