ICL Notícias

Fernandinho Beira-Mar e outros detentos são transferidos de penitenciária em Mossoró

Presos foram para presídio de Catanduvas, no Paraná, também de segurança máxima
4 de março de 2024

O traficante Fernandinho Beira-Mar, uma das principais lideranças do Comando Vermelho, foi transferido do presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, para Catanduvas, no Paraná, no sábado (2). A mudança foi feita depois que a unidade registrou a primeira fuga de detentos de uma unidade de segurança máxima.

O rodízio de internos entre as penitenciárias federais seria estratégia de rotina, segundo a Justiça Federal do Rio Grande do Norte. Além de Fernandinho Beira-Mar, mais 23 detentos foram transferidos para outras unidades federais.

“A transferência de presos da Penitenciária Federal de Mossoró, nas últimas horas, foi autorizada, mediante solicitação do diretor do Sistema Penitenciário Federal, pela Corregedoria da Penitenciária Federal de Mossoró, tendo em conta essa necessidade de rodízio”, disse, em nota.

O Brasil tem presídios federais classificados como de segurança máxima sob gestão da Senappen (Secretaria Nacional de Políticas Penais), do Ministério da Justiça. Essas unidades estão situadas em Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Mossoró (RN) e Distrito Federal.

As unidades foram construídas para receber lideranças do crime organizado e condenados de alta periculosidade. Ao todo, os cinco presídios abrigam 489 presos.

Força-tarefa continua buscando fugitivos, que fugiram de presídio há 20 dias

Fernandinho Beira-Mar é um dos líderes do crime organizado transferidos do presídio de Mossoró após fuga há 20 dias

Fernandinho Beira-Mar e outros 23

Além de Fernandinho Beira-Mar, a lista reúne Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, identificado como líder do PCC; e Marcelo Valle Silveira Mello, um dos criadores do Dogolachan, fórum extremista que já foi considerado a maior rede de ódio do país.

Pegada de um dos fugitivos encontrada pela força-tarefa: Fernandinho Beira-Mar foi transferido após fuga

Pegada de um dos fugitivos encontrada pela força-tarefa

O primeiro presídio federal a ser inaugurado foi em Catanduvas (PR), em junho de 2006. Logo no mês seguinte a unidade recebeu Fernandinho Beira-Mar, que também passou pelo presídio em Campo Grande e na unidade em Mossoró.

A decisão da transferência foi tomada pelo Ministério da Justiça após a fuga inédita de dois presos da penitenciária em Mossoró. Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça escaparam da unidade em 14 de fevereiro. A dupla segue foragida.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail