ICL Notícias

Hamas liberta mais 13 reféns israelenses, além de três tailandeses e um russo

Grupo foi entregue à Cruz Vermelha e se dirige ao Egito, de onde embarcarão para Israel. Em troca, governo israelense soltou mais 39 prisioneiros palestinos
26 de novembro de 2023

O Hamas libertou hoje mais 13 reféns israelenses, além de três tailandeses e um russo. O grupo foi entregue à Cruz Vermelha, que se dirige em direção à passagem de Rafah, no Sul da Faixa de Gaza. Após chegarem ao Egito, eles embarcarão para Israel.

Em troca, Israel anunciou a libertação de mais 39 prisioneiros palestinos — seis mulheres e 33 crianças. A soltura dos reféns e presos faz parte do acordo de trégua intermediado pelo Catar e Estados Unidos.

Apesar da trégua na Faixa de Gaza, Israel matou hoje oito palestinos na Cisjordânia. Cinco das mortes ocorreram em ataque militar que durou mais de 12 horas em Jenin — 18 pessoas ficaram feridas.

Três outros palestinos foram mortos em operações militares na aldeia de Yutma, ao sul de Nablus, el-Bireh e na cidade de Qabatiyeh, ao sul de Jenin.

LIBERTAÇÕES

O Hamas libertou no início da noite de ontem o segundo grupo de reféns — 13 israelenses e quatros estrangeiros. Em troca, Israel soltou 39 presos palestinos.

Na sexta-feira (24), no primeiro dia de trégua nos conflitos no Oriente Médio, o Hamas libertou 13 reféns israelenses e 39 presos palestinos foram soltos por Israel.

A libertação dos primeiros reféns israelenses e prisioneiros palestinos faz parte do acordo entre Israel e o Hamas, coordenado pelo Catar e Estados Unidos, que também prevê quatro dias de trégua nos bombardeios.

 

 

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail