ICL Notícias

INSS publica nomeação de novos servidores no Diário Oficial

Todos os 276 futuros técnicos terão até 30 dias para se apresentarem à gerência-executiva escolhida na inscrição
2 de abril de 2024

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou nesta terça-feira (2) a nomeação dos aprovados no curso de formação. A medida consta no Diário Oficial da União.

Um total de 276 novos técnicos do seguro social aprovados no curso terão até 30 dias para se apresentar à gerência-executiva escolhida na inscrição do certame.

Os futuros servidores do INSS ficarão lotados na análise de requerimentos. O candidato que não se apresentar no local e no prazo estabelecidos terá a nomeação tornada sem efeito.

Os nomeados do INSS devem agora cumprir as seguintes etapas: apresentação de documentos pessoais, certificado devidamente registrado de conclusão de curso de ensino médio ou técnico equivalente, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e concluído até a data da posse, e avaliação médica, inclusive com a apresentação de laudos e exames.

Na apresentação no local de trabalho será marcada a data da perícia médica, quando deverão ser apresentados os exames e laudos descritos no edital do concurso.

Depois da publicação da portaria de nomeação, o futuro servidor do INSS terá 30 dias para tomar posse e mais 15 dias para entrar em exercício.

Concurso do INSS

INSS: novos servidores têm até 30 dias para se apresentarem às gerências-executivas escolhidas no ato da inscrição. Foto: Agência Brasil

O concurso teve 3.144 pessoas aprovadas, de 1.023.494 inscritas. Do total, 1.000 foram chamadas e passaram pelo curso de formação, outros 48 remanescentes dessa turma foram reconvocados juntamente com 250 concursados e realizaram o curso de formação no início do ano. De 298 chamados para o curso, 285 foram nomeados.

Relação de documentos

  • Certidão de nascimento ou de casamento, se for o caso.
  • Título de eleitor, com o comprovante de votação na última eleição.
  • Certificado de reservista, para os candidatos do sexo masculino.
  • Documento de identidade ou equivalente.
  • Declaração de bens, na forma da Lei nº 8.429/1992.
  • CPF.
  • Documento de inscrição no PIS ou Pasep.
  • Três fotos 3×4, recentes.
  • Laudo da inspeção médica oficial elaborado pelo perito médico federal, que, após análise dos exames solicitados e do exame clínico, ateste aptidão física e mental para o exercício do cargo.
  • Fotocópia autenticada do diploma ou certificado de conclusão do grau de escolaridade exigido para o cargo.
  • Declaração de acumulação de cargo ou função pública, quando for o caso, ou sua negativa.
  • Declaração de não ter sofrido, no exercício de função pública, as penalidades enumeradas no art. 137 e seu parágrafo único da Lei nº 8.112/1990.
  • Folha de antecedentes da Polícia Federal dos estados ou do Distrito Federal, em que tenha residido nos últimos cinco anos.
  • Folha de antecedentes das polícias estaduais ou do Distrito Federal, em que haja residido nos últimos cinco anos.
  • Certidão negativa de antecedentes criminais expedida pelos Foros das Justiças Federal e Estadual dos estados ou do Distrito Federal, em que haja residido nos últimos cinco anos.

Exames a serem apresentados

  • Exames laboratoriais: grupo sanguíneo; fator RH; hemograma completo; glicemia (de jejum); sorologia para Chagas; VDRL; PSA total (para homens com idade acima de 40 anos); ALT; AST; Gama-GT; uréia; ácido úrico e creatinina. Urina: elementos anormais e sedimentos (EAS).
  • Raio-x de Tórax: PA e perfil.
  • Exames cardiológicos: eletrocardiograma com laudo (para candidatos com idade de até 39 anos); teste ergométrico em esteira com laudo (para candidatos com idade igual ou superior a 40 anos).
  • Avaliação psiquiátrica com laudo elaborado por médico psiquiatra.
  • Outros exames poderão ser solicitados na realização da perícia médica.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail