ICL Notícias

Lula garante que Lewandowski terá liberdade para montar ‘time’ da Justiça

Ex-ministro do STF vai assumir a pasta no dia 1º de fevereiro
12 de janeiro de 2024

Ricardo Lewandowski terá liberdade para montar o “time” do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Foi o que garantiu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao anunciar o nome do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) para comandar a pasta.

“Tenho por hábito não indicar ninguém em nenhum ministério. Quero que as pessoas montem o time que elas vão jogar. Se eu fosse técnico de futebol, não permitiria que o presidente do meu time, por mais importante que fosse, escalasse meu time. Sou eu quem escalo. Se eu perder, me tirem, se eu ganhar, eu continuo”, disse Lula.

O presidente acrescentou que faz as indicações para os ministérios “por uma relação de confiança”. “Eu digo: ‘monta seu governo, quando estiver montado, você me procure que eu vou ver se tenho coisas contrárias a alguém ou tenho alguma indicação para fazer”, afirmou Lula.

“[Em 1º de fevereiro] ele já vai ter uma equipe montada, vai conversar comigo e ainda vamos discutir quem fica, quem sai, quem entra, quais são as novidades”, acrescentou o presidente.

EXIGÊNCIAS

Nos bastidores, no entanto, uma das exigências de Lewandowski para assumir a pasta seria ter autonomia para escolher o futuro secretário-executivo da Justiça, cargo ocupado por Ricardo Cappelli na gestão Flávio Dino.

Ontem pela manhã, Cappelli pediu licença da pasta para tirar férias. Já Diego Galdino, considerado o número 3 da pasta, foi exonerado nesta quinta-feira (11).

NOMEAÇÃO

Ricardo Lewandowski terá a nomeação oficializada no próximo dia 19, mas vai assumir o cargo apenas no dia 1º fevereiro. Já Flávio Dino ficará na pasta até 30 de janeiro.

 

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail