ICL Notícias

Lula reforça papel do MPF em posse de Gonet: Não pode se submeter a manchete

Presidente ressaltou a importância da verdade e da presunção de inocência
18 de dezembro de 2023

Ao discursar durante a posse novo procurado-geral da República, nesta segunda-feira (18), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reforçou o papel institucional do Ministério Público Federal (MPF) e fez um apelo para que Paulo Gonet (novo PGR) não ceda a pressões externas ao dever funcional do cargo.

“O Ministério Público é uma instituição grande, que nenhum procurador pode brincar com ela. Um procurador não pode se submeter a um presidente da República, a um presidente da Câmara, a um presidente do Senado, e nem à manchete de um jornal ou canal de televisão”, afirmou Lula.

O presidente também cobrou cuidado na publicação de acusações antes da conclusão das investigações.

“As acusações levianas não fortalecem a democracia e nem as instituições. Muitas vezes, se destrói uma pessoa antes de dar à ela chance de defesa. E quando provada inocência, não há o reconhecimento público. Então, é importante que o Ministério Púbico  recupere aquilo que é a razão pelo qual os constituintes o enaltece: garantir a liberdade, a democracia e a verdade. E não permitir que nenhuma denúncia seja pública antes de conhecer a verdade. Eu prezo por isso”, completou Lula.

Veja também no Instagram.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail