ICL Notícias

Pix: Com golpes em alta, saiba como se prevenir para não perder dinheiro

Conheça algumas estratégias utilizadas por golpistas e quais medidas devem ser tomadas para garantir mais segurança no dia a dia
1 de dezembro de 2023

Criado em 2020, o Pix é uma ferramenta de transferência e pagamentos que caiu no gosto dos brasileiros. O sucesso, contudo, trouxe junto alguns problemas para todos os usuários.

Afinal, os golpes com Pix estão em alta. Para evitar dores de cabeça e prejuízo no bolso, saiba quais são as principais estratégias usadas pelos golpistas.

PERFIL FALSO

É bem comum o golpista usar as fotos da conta de rede social clonada para enviar mensagens aos contatos da vítima. Como o número é desconhecido, ele inventa uma situação em que teve que trocá-lo temporariamente e pede uma transferência via Pix mediante que uma emergência surgida.

BUG DO PIX

São fake news espalhadas informado sobre possíveis falhas do sistema de transferências. A promessa é o ganho do dobro do valor caso transfira para chaves especificas. Neste caso, só faça envios de dinheiro para chaves conhecidas. Fique Atento!

FURTO

Agora os roubos não servem apenas para venda de aparelho, mas para adquirir seus dados de contas bancárias logadas no celular. Vale deixar um telefone antigo destinado somente à utilização das contas do banco em casa. Previna-se!

DESCONTOS

Podemos nos deixar levar pela surpresa de ganhar premiações como cliente. Neste mecanismo, o golpista se passa por um funcionário de uma empresa de água, luz ou telefonia informando sobre a possibilidade do desconto do pagamento caso o faça via Pix. A chave encaminhada não é da empresa, e sim da conta do golpista.

MAIOR SEGURANÇA

Diante destes golpes, as empresas buscaram fornecer maior segurança a seus consumidores. O Banco Central, por exemplo, limitou a transferência do Pix de R$ 1 mil para o horário entre 20h e 6h. Outra medida foi o bloqueio de transações suspeitas, além da possibilidade, sob alegação de fraude, de solicitar o dinheiro de transferência ou pagamento de volta.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail