ICL Notícias
Margareth Signorelli

Especialista em Relacionamentos pelo Método Gottman. Pós-graduada em Sexualidade pelo PROSEX- Faculdade de Medicina da USP. Gold Standard e Optimal EFT terapeuta. Autora do livro “Os 4 Pilares para uma vida feliz e saudável com EFT”. Criadora e Idealizadora de cursos de Autoaplicação da Técnica EFT, de Relacionamentos e de Formação de Terapeutas na Técnica EFT.

Prazer Feminino

Entenda que ter prazer em primeiro lugar é se conhecer, se gostar e se deixar sentir
2 de dezembro de 2023

Em 3 de maio de 1960, a pílula anticoncepcional foi lançada nos EUA. A partir daí nos foi dada a oportunidade de escolher ou ter um controle sobre a concepção, mas e quanto ao nosso prazer? Não quero discutir aqui a relação Homem X Mulher dentro dos direitos ou perante a sociedade, quero explorar a conscientização de que ninguém nos impede ou proíbe de ter prazer, senão nós mesmas. Mas o que é ter prazer? O prazer não está ligado aos nossos órgãos genitais ou nossas zonas erógenas.

O prazer está no sentir, está na nossa mente.

Faça uma pequena prática de Mindful Eating, ou seja, comer com consciência plena, usando seus sentidos. Pegue sua comida predileta, fique em silêncio, feche os olhos e sinta o cheiro, textura e sabor daquele alimento. Provavelmente o seu corpo reagirá se manifestando com um som como ‘humm’, igual ao que pode acontecer em relação ao sexo. Mas vamos mais longe…e o prazer sexual? O que não nos ensinaram é que prazer não começa nas brincadeiras sexuais ou na sua primeira relação. O prazer deve começar no seu autoconhecimento e autoaceitação.

“Saber onde o clitóris fica é conhecimento, saber onde o SEU clitóris fica é poder”.

Fico feliz quando eu vejo minisséries como ‘Fundamentos do Prazer’ – documentário com 3 episódios na Netflix e está entre as mais vistas – fazendo sucesso mundialmente, mas percebo que ainda existe um caminho longo a ser percorrido para que possamos finalmente nos libertar dos tabus que nos foram impostos para chegar na liberdade que merecemos ter.

Uma das perguntas mais comuns que recebo é ‘Porque os homens sempre têm orgasmos mais fáceis e nós não?’ Tenho várias respostas para essa pergunta. Porque o genital masculino é mais exposto, o que facilita desde a infância, ser descoberto, explorado e estimulado. Teoricamente eles praticam muito mais a masturbação do que nós mulheres e detalhe: sem culpa.

Incentivo muito a prática do espelhinho para o autoconhecimento. Se tocar para saber o que é gostoso e o que não é, aprender cada vez mais sobre si mesma, com a prática.

Pesquisas mostram que nós, mulheres, temos menos orgasmos que os homens. Veja! O orgasmo depende de foco e os homens quando fazem sexo, seja consigo mesmo ou em uma relação, focam no prazer. Enquanto nós, deixamos a mente transitar entre a lista do supermercado, se ele está notando minha celulite ou se as crianças estão ouvindo. Nós, mulheres deveríamos saber aproveitar mais a grande vantagem sobre os homens de estar em um estado orgástico e não necessariamente ter um orgasmo. Estado orgástico está entre a excitação e o clímax, segundo o modelo de resposta sexual de Rose Marie Basson, psiquiatra canadense. Rose Marie implementou este estado orgástico a partir de seus estudos sobre a sexualidade feminina, enriquecendo a teoria mais simplista anterior do casal Master & Johnson sobre a resposta sexual das mulheres.  É um estado em que liberamos vários hormônios do prazer e não necessariamente chegamos ao final.

E, na opinião de muitas mulheres, muito melhor que o orgasmo em si, pois você pode se manter por muito tempo aproveitando a onda de sensações que a relação lhe proporciona.

O ideal é perceber o que lhe dá prazer, se permitir e afastar tudo o que possa te impedir de estar 100% presente na sua masturbação ou no seu ato sexual com alguém.

Entenda que ter prazer em primeiro lugar é se conhecer, se gostar e se deixar sentir. Aproveitar cada parte do seu corpo como você quiser. Ter prazer é mais do que um direito, é um dever.

Grande abraço,

 

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail