ICL Notícias

Professor denuncia loja de brinquedos em shopping do Rio por vitrine racista

Estabelecimento que colocou duas bonecas brancas ao lado de um macaco e uma boneca negra nega racismo
27 de fevereiro de 2024

Um professor do Rio de Janeiro denunciou uma loja de brinquedos em um shopping carioca por promover associação racista ao posicionar bonecas brancas junto a um macaco e uma boneca negra em um berço exposto na vitrine. A denúncia foi feita nas redes sociais.

Imagem racista

Em perfil no Instagram, o professor Moisés Machado afirmou que a vitrine da loja destacaria simbolismo que pode reforçar estereótipos e preconceito. A informação é do G1.

“Parear uma criança preta com um macaco é cruel demais! Por meio desse símbolo, a criança negra internaliza sua posição como subalterna e crianças brancas são incentivadas a reproduzir o negro como um animal, um inferior. Em nossa sociedade, o racismo não é velado, é escancarado! Esse mal precisa ser combatido! “, escreveu.

Após a repercussão negativa do caso, o shopping afirmou que o lojista responsável pela vitrine foi acionado e os brinquedos retirados. A administração do centro de compras informou ainda que não tem “gerência sobre as vitrines das lojas, mas reforçamos nosso compromisso com o respeito, a pluralidade e a diversidade”.

“O Botafogo Praia informa que não tolera nenhuma forma de preconceito e esclarece que, assim que tomou conhecimento, entrou em contato com o lojista para a retirada do brinquedo. O shopping reforça que o boneco já foi retirado da vitrine e ressalta que está em constante revisão dos seus processos para garantir o compromisso com o respeito, a pluralidade e a diversidade e evitar que situações como esta voltem a se repetir.”

A Gamelândia Brinquedos, responsável pela vitrine, publicou uma nota no Instagram e informou que “em momento algum houve intenção de promover qualquer tipo de ato racista”.

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) abriu inquérito para investigar o caso.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail