ICL Notícias

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) denunciou o ex-deputado estadual Arthur do Val, o Mamãe Falei, por falas sexistas sobre mulheres ucranianas. Ele é acusado de discriminação e preconceito de gênero. Em março de 2022, o ex-parlamentar divulgou áudio no WhatsApp em que afirmava que as ucranianas “são fáceis porque são pobres”.

A denúncia é assinada por promotoras de Justiça do Grupo Especial de Combate aos Crimes Raciais e de Intolerância do MP-SP. Segundo o texto, Do Val “preconceituosamente desqualificou” e “inferiorizou” as mulheres da Ucrânia.

“A prática misógina representa inaceitável, gravíssima e odiosa discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais”, diz a denúncia.

Após o encaminhamento da denúncia, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que já arquivou uma queixa-crime sobre o caso, vai decidir se aceita ou não as acusações contra Do Val.

Em resposta, Arthur do Val afirmou que a acusação tem “teor político” e que não foi intimado pelo MP-SP. O ex-deputado estadual disse ainda que os advogados não tiveram acesso à denúncia.

ÁUDIOS MISÓGINOS

Os áudios, que foram enviados a integrantes do Movimento Brasil Livre, vazaram em março de 2022, após uma viagem de Do Val à Ucrânia. Na época, ele era deputado estadual pelo Podemos.

A divulgação das mensagens levou à cassação do mandato de Do Val, em maio do ano passado, por quebra de decoro parlamentar.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail