ICL Notícias

Putin afirma que guerra com a Ucrânia só vai acabar após vitória russa

A Rússia invadiu a Ucrânia em fevereiro de 2022, e ainda ocupa quase um quinto do território do país vizinho
15 de dezembro de 2023

O presidente russo, Vladimir Putin, ao dar a tradicional entrevista coletiva de final de ano, condicionou o fim do conflito na Ucrânia a uma vitória da Rússia na Guerra. A Rússia invadiu a Ucrânia em fevereiro de 2022, e ainda ocupa quase um quinto do território do país vizinho.

“Haverá paz quando atingirmos nossos objetivos”, disse o presidente russo. Para ele, os objetivos são “acabar com o nazismo na Ucrânia” e “desmilitarizar” o país.

Putin também fez comparações entre o conflito na Ucrânia e a guerra em Gaza, entre Israel e o grupo Hamas. Segundo o presidente russo, o impacto sobre os civis foi maior no Oriente Médio.

“Vejam a operação militar especial e o que está acontecendo em Gaza, e sintam a diferença. Bem, não há nada disso na Ucrânia”, comentou Putin.

A Rússia é um dos países que se juntou aos apelos internacionais para um cessar-fogo em Gaza. Vladimir Putin revelou que está em contato com o Egito para tratar do conflito. Ele mencionou, ainda, a discussão da possibilidade de abrir um hospital russo para ajudar civis palestinos com os líderes do Egito e de Israel.

“O lado dos Emirados criou um hospital de campanha lá em Gaza, e conversamos sobre o fato de que a Rússia também poderia abrir um hospital lá. Mas para isso, é claro, precisamos do consentimento do Egito e de Israel”, destacou o russo.

Sobre o conflito em Gaza, Putin também citou a pretensão da Rússia de aumentar o fornecimento de equipamentos e medicamentos à Faixa de Gaza, a pedido de Israel.

Com informações da CNN Brasil

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail