ICL Notícias

Soldado da Força Nacional é morto ao tentar checar disparos em vizinhança no Rio

Agente Edmar Felipe Alves dos Santos tinha 36 anos e era natural de Alagoas
29 de novembro de 2023

Um agente da Força Nacional morto a tiros, na noite desta terça-feira (28), na porta da casa onde estava morando com um grupo de companheiros, em Vila Valqueire, zona oeste do Rio de Janeiro. Natural de Alagoas, o soldado Edmar Felipe Alves dos Santos tinha 36 anos.

Segundo o Portal g1, Edmar foi surpreendido ao sair no portão, armado, depois de ouvir tiros próximos à casa, na Rua Mário Barbedo. Um homem identificado como Eduardo Santa Rita Carvalho, de 24 anos, tentava fugir depois de atirar na companheira. Naquele momento, o criminoso disparou duas vezes contra Edmar, atingido na cabeça.

Ao correr, Eduardo chegou a escorregar na calçada. Depois, teria entrado num táxi e ido se esconder na Favela da Serrinha, zona norte.

Socorrido pelos companheiros, Edmar chegou a ser levado para o Hospital da Base Aérea do Campo dos Afonsos, também na zona oeste da capital fluminense. Entretanto, o soldado não resistiu. A mulher baleada por Eduardo também foi resgatada e levada para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, onde foi internada em estado grave.

Agentes têm armas levadas por criminosos

No mesmo dia, agentes da Força Nacional foram assaltados quando entraram por engano no Complexo de favelas do Chapadão, na zona norte. As armas dos policiais foram roubadas. Mais tarde, as armas foram recuperadas por policiais militares do 41º Batalhão de Polícia (Irajá).

Os agentes da Força Nacional nessa ocorrência são das  polícias do Alagoas e do Acre, e estavam numa viatura descaracterizada. Ao seguirem indicações de um aplicativo de navegação, eles acabaram entrando na Rua Fernando Lobo, quando foram abordados por criminosos. Os policiais foram liberados depois de terem roubadas duas pistolas 9 milímetros.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail