ICL Notícias

Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte terão chuvas volumosas nos próximos dez dias

Nordeste terá precipitações escassas ou com muito baixo volume na maioria das cidades. Estão previstas apenas pancadas isoladas e passageiras
24 de novembro de 2023

Por MetSul

Chuvas volumosas são esperadas para os próximos dez dias em diversas áreas das regiões Norte, Centro-Oeste, Sudeste e o Sul do Brasil. Com o aumento da umidade, a previsão é de precipitações acima da média entre o fim de novembro e o início de dezembro.

Os acumulados de chuva devem ser expressivos na Região Norte, que se aproxima do período mais chuvoso do ano. Denominado de inverno amazônico — de dezembro até meados de maio –, o período registra a maior concentração das precipitações anuais — de 60% a 70%.

Embora ainda abaixo da média histórica em muitas áreas pelos efeitos do El Niño, observa-se um aumento da precipitação em vários pontos do Norte do Brasil. É o que mostra a projeção para os próximos dez dias, especialmente nos estados do Amazonas, Acre e Rondônia. Em regiões do Amazonas mais próximos da Colômbia, pode chover muito.

O Sul do Brasil seguirá com chuvas volumosas em parte da região. Os acumulados devem ser altos em muitas cidades do Paraná, Santa Catarina e o Norte do Rio Grande do Sul, com índices, em alguns pontos, de 100 mm a 200 mm.

Espera-se um episódio de chuva volumosa nestas regiões na primeira metade da próxima semana, quando os volumes diários podem ser altos em muitas cidades entre o Norte do Rio Grande do Sul e o Paraná, o que poderá gerar alagamentos e inundações em algumas cidades.

O Sudeste também terá chuvas volumosas, principalemnte em São Paulo, áreas do Rio de Janeiro e do Oeste e do Sul mineiro. Os próximos dez dias devem ter chuva expressiva em grande número de cidades paulistas, até com mais de 100 mm em algumas cidades.

Na cidade de São Paulo, a instabilidade diminui neste fim de semana e o sol aparece, mas ao longo da semana que vem as pancadas de chuva serão frequentes, sobretudo entre terça e quinta.

No Norte e no Nordeste de Minas Gerais, a chuva será mais escassa. A chuva ocorre principalmente em forma de pancadas que tendem a se dar mais da tarde para a noite.

Já no Centro-Oeste do Brasil, a condição de chuva será muito melhor que a observada no começo do mês. Com maior umidade e a atmosfera aquecida, diariamente se formam nuvens carregadas que trazem pancadas de chuva nos estados da região.

O Mato Grosso do Sul, em particular, deve concentrar os mais altos volumes com acumulados elevados em algumas localidades. Parte do Sudeste também deve ter muita chuva nos próximos dez dias.

No Nordeste, por outro lado, o cenário é muito diferente. Será a região do país em que menos deve chover ao longo dos próximos dez dias com precipitações escassas ou com muito baixo volume na maioria das áreas. A chuva vai ocorrer na forma de pancadas isoladas e passageiras, não alcançando muitas cidades.

 

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail