ICL Notícias

Camisas número 44 da seleção alemã são proibidas por semelhança com símbolo nazista

Medida ocorre após críticas ao design, que tem desenho similar ao das unidades da SS
2 de abril de 2024

A Adidas, fornecedora de materiais esportivos para a seleção alemã de futebol, proibiu a compra de uniformes personalizados com o número 44. A medida ocorreu após serem apontadas semelhanças com o símbolo usado pelas unidades nazistas da SS da época da Segunda Guerra Mundial.

As unidades SS foram as maiores responsáveis pelos crimes contra a humanidade cometidos pelos nazistas. A informação é da BBC.

“Bloquearemos a personalização das camisas da seleção alemã”, afirmou um porta-voz da Adidas.

Uniforme

Camisa da seleção alemã remete à SS, uma das responsáveis pelos crimes contra a humanidade perpetrados pelos nazistas. Foto: Getty Images

O historiador Michael König foi o primeiro a falar sobre a semelhança do uniforme lançado com o simbolismo nazista ao dizer que o design dos uniformes era “muito questionável”.

O símbolo nazista, usado pelas unidades SS, foi projetado em 1929. Os membros da SS cumpriam funções como as de agentes da Gestapo, a polícia secreta alemã, e de guardas de campos de concentração. Eles tinham deveres de administrar os locais onde milhões de pessoas foram condenadas à morte.

O que diz a Adidas?

O porta-voz da Adidas, Oliver Brüggen, negou que a semelhança do uniforme com os símbolos nazistas fosse intencional. Segundo a empresa, a Federação Alemã de Futebol (DFB) e parceiros desenharam os números nas camisas.

“Nós, como empresa, estamos comprometidos em nos opor à xenofobia, ao antissemitismo, à violência e ao ódio em todas as formas”, disse Brüggen.

A Federação Alemã de Futebol (DFB) se manifestou por meio de uma publicação na rede social X. A DFB informou que os desenhos das camisas foram submetidos à UEFA (União das Associações Europeias de Futebol) para revisão durante o processo de design e que “nenhuma das partes envolvidas viu qualquer proximidade com o simbolismo nazista”.

De acordo a entidade, seria desenvolvido um design alternativo para o número 4.

Seleção Alemã

O novo uniforme da seleção alemã também causou polêmica pela escolha do rosa brilhante como cor para o segundo kit, que seria em alusão à diversidade do país. Os críticos, no entanto, afirmam que esta não é a cor tradicional da Alemanha e foi introduzida apenas para arrecadar dinheiro para a DFB.

A Adidas fabrica as camisas alemãs desde 1950. A DFB anunciou recentemente que a parceria com a empresa alemã está chegando ao fim. A partir de 2027, a Alemanha vai ter a americana Nike como fornecedora de materiais esportivos.

A Alemanha será a anfitriã da Eurocopa marcada para este ano, que será realizada em 10 cidades diferentes.

Deixe um comentário

Mais Lidas

Assine nossa newsletter
Receba nossos informativos diretamente em seu e-mail